logo colégio cie

RESOLUÇÃO ENEM 2020 | 1º DIA

PROVA BRANCA


Inglês

Questão 01

Gabarito: D

Resolução:

As palavras fault ( deslize; negligência) e blame (culpa) no poema revelam por parte do eu lírico, ao final, sensibilidade ao reconhecer que, apesar de estar incomodado com o canto do pássaro, ele entende ser da natureza do pássaro cantar e que deve haver algo errado com ele por querer silenciar qualquer canto.


Questão 02

Gabarito: C

Resolução:

No texto, Ifemelu pede a cor quatro e Aisha diz não ser uma boa cor e oferece a cor um. Ifemelu retruca e diz que é uma cor muito escura e argumenta que, às vezes, usa a cor dois, mas a cor quatro é a mais próxima de seu cabelo natural. Aisha, então, sugere um relaxamento para o cabelo de Ifemelu que retruca novamente, dizendo que gosta de seu cabelo do jeito que Deus o fez. Portanto, é possível perceber a resistência de Ifemelu a todas as sugestões de Aisha.


Questão 03

Gabarito: E

Resolução:

O texto descreve uma mãe cuidando de seu filho moribundo em um campo de refugiados.

Há uma exploração de impressões sensoriais experimentadas no ambiente, por exemplo, nos versos:

“The air was heavy with odors of diarrhea”;

“Of unwashed children...”;

“...blown-empty bellies”;

“The rust-colored hair left on his skull”; entre outros.


Questão 04

Gabarito: A

Resolução:

A frase final “Mulheres não deveriam mais sofrer preconceito” aparece como resposta às sugestões de pesquisa, carregadas de preconceito, sobre o que mulheres não deveriam fazer (ter direitos, trabalhar, votar, lutar boxe). Dessa forma, a frase que se encontra na parte inferior do cartaz critica o tratamento discriminatório sofrido pelas mulheres.


Questão 05

Gabarito: A

Resolução:

As frases “Somos uma cultura, não uma fantasia” e “Isso não é quem somos e isso não está certo” corroboram o texto não verbal, pois este mostra representantes de diferentes etnias segurando retratos de estereótipos de suas culturas.


Espanhol

Questão 01

Gabarito: E

Resolução:

De acordo com o texto, o filme “Relatos Salvajes” apresenta ao telespectador as fragilidades da sociedade, principalmente no que diz respeito a sua ira e sua violência, sentimentos cuja origem ela não tem capacidade de compreender.


Questão 02

Gabarito: E

Resolução:

O poema apresentado no texto ilustra o depoimento de um cidadão mexicano contemplando suas origens, como se pode identificar nos trechos: “mis tierras era nuveo méxico...”; “... mi idioma cantaba...”;

Porém, ao final do poema, é possível identificar que a declaração do autor apresenta um conflito entre suas origens e seu presente, demonstrando um sentimento de embate em relação à identidade do presente versus a do futuro, como ilustrado nas quatro últimas estrofes:

“pero soy – y bien lo siento ser – uma sombra del passado y um esfuerzo hacia el futuro...”.


Questão 03

Gabarito: E

Resolução:

Em espanhol, a expressão “pies de plomo” possui um significado semelhante ao da expressão “pisar com cuidado”.

No contexto apresentado, que aborda um momento de trocas de confidências, pode-se relacionar essa expressão com o zelo durante a conversa de assuntos íntimos entre duas pessoas.


Questão 04

Gabarito: A

Resolução:

A canção apresentada aborda um cidadão comum (Pablo), como é possível identificar nas frases: “... Lo espera el barrio de siempre...” e “Regresa un hombre en silencio de su trabajo cansado...”.

A seguir, é possível identificar sua insatisfação com a política contextual, como na frase “... em lides politiqueiras Y en su cara se dibuja la decepción de la espera”.


Questão 05

Gabarito: C

Resolução:

A interpretação do trecho apresentado permite identificar diversos pontos em que o autor sugere que o viés ideológico de alguns intelectuais transparece em suas obras como, por exemplo, no último parágrafo:

"¿Y compromiso? Es la actitud que adoptan ciertos intelectuales, cuya carga ideológica perjudica notoriamente su arte. Después de todo, ¿cómo se atreven a frecuentar las provincias del espíritu, si es público y notorio que tales ámbitos son patrimonio exclusivo de los propietarios de la libertad?”.


Linguagens

Questão 06

Gabarito: A

Resolução:

O corpo assume papel de destaque na prática do SLAM no evento pensado para surdos e ouvintes: Slam do corpo. Nele, utilizam-se movimentos corporais com o intuito de imprimir ritmo e visibilidade à expressão poética e ampliar seu alcance.

 


Questão 07

Gabarito: A

Resolução:

Ao contextualizar historicamente as expressões “Cabra da peste” e “nhe-nhe-nhém”, o autor permite ao leitor entrar em contato com registros do inventário do português brasileiro.


Questão 08

Gabarito: C

Resolução:

No texto, o autor recorre às aspas nas expressões metafóricas para indicar a visão de muitas pessoas sobre os metais referidos no texto. Tais metáforas, como “ouro do século 21” e “elementos do futuro” atribuem um valor positivo aos metais.


Questão 09

Gabarito: B

Resolução:

Os recursos de linguagem mobilizados pelo narrador do trecho de Canaã, de Graça Aranha, concorrem para a criação de uma expressividade que revela a confluência entre a paisagem e o estado emocional da personagem. O início do texto já indica essa relação entre o estado de espírito e a natureza: ”na sua imaginação perturbada sentia a natureza toda agitando-se para sufocá-la.” Os recursos expressivos utilizados na continuidade da descrição (principalmente metáforas e comparações) reforçam a visão da natureza como produto de uma perspectiva alterada.


Questão 10

Gabarito: B

Resolução:

A questão de gênero é muito presente no meio esportivo. Ela é, inicialmente, refletida no acesso das mulheres às diversas modalidades, e mais recentemente, nas questões que envolvem prêmios e salários. No Brasil, a realidade do futebol, modalidade com maior investimento, reflete essas diferenças.


Questão 11

Gabarito: E

Resolução:

A tentativa de neutralização mais forte das reinvindicações dos operários está baseada na identificação dos funcionários com os compromissos assumidos pela empresa, o que fica claro na utilização do pronome possessivo em primeira pessoa no plural - “nossa companhia” -, pelo representante do empregador. Há ainda no texto a referência ao amor patriótico, indicado como razão relevante para que os trabalhadores mantenham-se na ativa, uma vez que o fato de terem participado da obra, segundo o patrão, será um exemplo de “orgulho nacional” para todos os envolvidos.

 


Questão 12

Gabarito: B

Resolução:

No contexto apresentado, o vírus  Covid-19, altamente contagioso e letal, está associado ao assédio. O texto verbal declara que as mulheres precisam dar um basta (“Chega de fiu fiu!”) ao assédio que recebem nas ruas. Para tanto, o mesmo espaço em que são assediadas passa a ser tomado como “UM CAMPO DE BATALHA”, dada a consciência de que podem se proteger disso. No texto não verbal, usar  “máscaras” típicas para combater o vírus  Covid-19 pode significar, simbolicamente, que elas estarão protegidas também contra o assédio.


Questão 13

Gabarito: E

Resolução:

Nesse texto, somos informados sobre um acontecimento do mundo. Com isso, ampliamos nossa percepção e adquirimos novos conhecimentos acerca dele, no caso, haver uma “síndrome do coração partido”. Por ser uma notícia tradicional, está centrada na função referencial da linguagem: os pronomes e os verbos estão na terceira pessoa, há precisão conceitual e valorização da denotação. Com essa monobra, cria-se efeito de objetividade necessário para a transmissão da informação.


Questão 14

Gabarito: B

Resolução:

Nesse contexto, o ditado popular “Quem herda, não rouba” era utilizado por dona Aparecida para que o velho Chico Lourenço, seu marido, parasse de “reclamar da natureza forte do filho”. Por ser uma frase carregada de sabedoria, atingia facilmente seu objetivo comunicativo – o de produzir um efeito curativo ou pacificador, dada a reflexão que provocava: “Vinha um brilho nos olhos, o velho se acalmava”.

 


Questão 15

Gabarito: A

Resolução:

Considerando que os cartazes colados em postes de grandes cidades normalmente têm função predominantemente publicitária, o ato de fazer poesia por meio de lambe-lambes colados nos postes é uma forma de disseminar a arte poética em veículo não convencional.


Questão 16

Gabarito: D

Resolução:

No texto, o narrador se refere a algumas imagens: brincadeiras de rua; a véspera e o dia do carnaval; a avó. Essas imagens ocorrem ao narrador filtradas pela memória: adulto, ele se recorda de eventos da sua infância.

 


Questão 17

Gabarito: A

Resolução:

O texto aborda a inclusão da modalidade feminina em jogos de futebol de videogame, sugerindo que tal inclusão é benéfica e promove a igualdade e sua popularização, sobretudo em um contexto machista como o do futebol.


Questão 18

Gabarito: D

Resolução:

O enunciado da questão menciona um “desnudamento”, ou seja, pede que se identifique como “as tecnologias de informação e comunicação” (no caso, o software de triagem de candidatos e o buscador do Google) revelam algo sobre a sociedade, em geral oculto ou não admitido. Segundo o texto, ambos os programas evidenciaram um viés preconceituoso. O software, por exemplo, eliminou candidatos por “causa do sexo ou da origem racial”. Do mesmo modo, houve um aumento de anúncios de “checagem de antecedentes criminais” ao se digitar “nomes comuns entre negros” nos EUA. Observa-se, assim, como esses programas reforçaram uma discriminação presente na sociedade, que nega oportunidades a determinados grupos e reforça a marginalização a que são submetidos.

 


Questão 19

Gabarito: B

Resolução:

A campanha publicitária mostra uma família composta de pais e filhos; destes, a maior parte foi adotada. Visualmente, percebe-se que todos estão sorrindo. Esse caráter positivo se reforça, por exemplo, na legenda “ganhou novos irmãos”, que conota um acréscimo valioso. Considerando-se que os filhos foram adotados a partir da adolescência e que “não existe idade” para a adoção, a alternativa mais pertinente é a que diz: “a adoção tardia é muito positiva”.


Questão 20

Gabarito: D

Resolução:

O narrador figura uma viagem pela cidade de Curitiba, mas de forma a colocar em destaque lugares, personagens e eventos pouco referidos em livros de histórias ou homenagens oficiais: o “tocador de realejo”; os “soldados do fogo”, que agem em um “incêndio que ninguém não viu”; os petiscos do “Buraco do Tatu”; o “Burro Brabo”, local onde um “cidadão” teria morrido nos braços de uma mulher; a “Ponte Preta da estação”. Tais recordações são recuperadas com um olhar afetuoso pelo narrador.


Questão 21

Gabarito: A

Resolução:

Segundo informa o texto II, a letra da canção “Águas de março”, de Tom Jobim, traz referências tanto a uma produção cultural de caráter mais erudito, como a poesia de Olavo Bilac, autor cuja obra é marcada pelo vocabulário requintado, quanto a uma obra de âmbito mais popular, um ponto de macumba, que chegou a ser “gravado com sucesso”. Assim, ocorre o diálogo com vertentes distintas da cultura brasileira.


Questão 22

Gabarito: E

Resolução:

No texto, fala-se de um aplicativo que torna a organização de partidas mais fácil para jogadores e entusiastas do futebol, ao promover uma conexão entre os interessados. Com essa ferramenta tecnológica, pode-se fazer uma “gestão do grupo” que combinou um jogo (acrescentando participantes e providenciando espaços, por exemplo) ou, então, encontrar uma partida que esteja ocorrendo perto do local onde o usuário se encontra. Assim, o aplicativo reforça os laços entre os jogadores, formando no ambiente virtual uma comunidade de aficionados pelo futebol.


Questão 23

Gabarito: B

Resolução:

O grupo Jovens Artistas Britânicos (YABs) utiliza em suas obras materiais pouco comuns nas artes plásticas, como o bezerro destacado no Texto I. Tais composições provocam um debate em torno da obra de arte, uma vez que o uso desses elementos vai contra o “establishment” do mundo das artes, além de provocar a surpresa do público que, em geral, não espera encontrar “esterco de elefantes, sangue e legumes” em uma galeria de arte.


Questão 24

Gabarito: C

Resolução:

A função metalinguística caracteriza-se por ser o código o próprio referente. Isso também se aplica, no caso das linguagens artística, a uma discussão sobre um determinado gênero artístico ou sobre as especificidades de uma obra em particular. É o que ocorre no texto em questão, em que há a exposição da gênese do poema, do seu tema e de uma característica formal – redondilha.

Observação: A função emotiva também está presente no texto; porém, além de o foco do texto ser a discussão sobre a gênese de “Vou me embora pr’a Pasárgada”, a alternativa A peca por imprecisão ao falar sobre “criação poética”, e não “criação de um de seus poemas”.


Questão 25

Gabarito: E

Resolução:

Na norma padrão, o adjunto adverbial de tempo deveria vir com a preposição que o caracteriza: “A que horas ela volta?”.


Questão 26

Gabarito: D

Resolução:

Logo no primeiro parágrafo do texto, o autor explicita uma transformação nos conselhos para se administrar uma empresa: antes, havia livros de leitura difícil, por ser extensa e altamente especializada (“enormes”, com “fórmulas, equações e cálculos”); agora, há uma mudança, bastante visível na nova forma de se comunicar (“hoje eles dizem”). Os dois parágrafos seguintes consistem numa série de exemplos de expressões típicas do “empreendedor de palco”, que usa e abusa de termos estrangeiros (“mindset”, “networking”, “deadline”), de imperativos (“Não pare!”, “Tome, leia”, “Faça”) e de frases motivacionais (“Acredite, você irá vencer!”, “você está a um único centímetro da vitória”). Essa repetição cria um padrão linguístico que caracteriza o “empreendedor de palco” – é o seu jargão, seu jeito de falar, o que permite distingui-lo de outros profissionais.


Questão 27

Gabarito: B

Resolução:

A canção de Lenine cita diferentes manifestações culturais, como cirandas e os bonecos mamulengos, o Boi-bumbá e o frevo de Capiba, e identifica lugares pernambucanos (São Bento do Una e Caruaru). Essas citações exaltam a cultura popular, fazendo com que a canção se apresente como uma referência os costumes tradicionais nordestinos.


Questão 28

Gabarito: A

Resolução:

O anúncio publicitário tem a intenção de conscientizar os torcedores para que não cometam atos de violência contra mulheres em eventos esportivos. Não há nenhum elemento no anúncio que permita afirmar que ele estimula o compartilhamento de políticas públicas sobre a igualdade de gênero no esporte, como indica a alternativa B. O anúncio contém indicações de atitudes que representam e atitudes que não representam ações violentas contra o público feminino. Não se trata, portanto, de divulgar regras ou regulamentar normas, como sugerem as alternativas C e E. Além disso, o texto não faz qualquer menção às consequências de condutas ofensivas, o que leva a descartar também a alternativa D.


Questão 29

Gabarito: A

Resolução:

As frases curtas e repetições vão ao encontro de uma fala taxativa e de fraca fundamentação. Texto fútil, portanto, que pretende legitimar a pretensão, igualmente fútil, de poder e distinção do narrador.


Questão 30

Gabarito: D

Resolução:

O gerúndio comumente é empregado para indicar a continuação de um processo. No caso, a ineficiência se manifestaria em respostas, como “estou fazendo” ou “estou terminando”, à cobrança de resultados ou de cumprimentos de prazos. Com elas, o funcionário tenta ocultar a sua ineficiência por meio da alegação de que está envolvido no trabalho ou prestes a concluí-lo.

Observação: o texto fala da demissão do gerúndio, e não do gerundismo. Este último, caracterizado por fases como “vou estar verificando” ou “vou estar fazendo”, apresentaria outro tipo de ineficiência – a da postergação do prazo. Tal recurso, contudo, não está descrito nas alternativas.


Questão 31

Gabarito: A

Resolução:

A obra de Joseph Kosuth é um exemplo de arte conceitual, uma vez que se trata de uma expressão artística mais pautada nas reflexões e ideias do que na própria estética da arte. Na obra citada, a reflexão proposta é sobre a definição de arte: o artista propõe um paradoxo e indica que a arte é construída através de representações da realidade. O conceito de “verdade” é representado pela cadeira exposta, e o conceito de “imitação” é representado pela fotografia da cadeira e pelo verbete do dicionário.


Questão 32

Gabarito: D

Resolução:

As “outras realidades” às quais a alternativa se refere são figurativizadas pelas diversas imagens em volta da cabeça da figura humana. A posição aparentemente estática da pessoa representada e a simultaneidade com que ela vê tais imagens indicam que ela é capaz de experimentar essas outras realidades sem sair do lugar.


Questão 33

Gabarito: D

Resolução:

No texto, as características das lutas apresentadas tornam a prática corporal uma das mais questionáveis nas aulas de educação física. Confusão entre lutas e brigas e ação contra o corpo do adversário são duas das questões mais presentes nas discussões sobre esse objeto de conhecimento. A alternativa D, portanto, apresenta a estratégia mais adequada para se desenvolverem APRENDIZAGENS sobre as lutas.


Questão 34

Gabarito: E

Resolução:

De acordo com o texto e com a imagem, infere-se que a saúde é consequência direta da forma de organização social, portanto, a alternativa correta é a E. Isso porque ela depende diretamente de fatores individuais e coletivos, como estilo de vida, habitação, serviços de saúde oferecidos pelo Estado, ambiente de trabalho, redes sociais entre outros; tudo isso fica muito nítido, em especial, a partir de análise detalhada da imagem.


Questão 35

Gabarito: B

Resolução:

O enunciado da questão pede que se identifique o trecho que evidencia o procedimento argumentativo pelo qual a sedução do leitor se dá por uma voz externa sobre a identidade histórica do povo português, ou seja, por um enunciador que não seja português.

Nessa lógica, os fragmentos reproduzidos nas alternativas A, C e D reproduzem juízos de valor dos próprios habitantes do Porto sobre sua cidade, o que permite descartá-las.

Já o trecho presente na alternativa E não contém uma opinião do enunciador do texto específica sobre a identidade histórica do povo português.

Sendo assim, devido ao emprego da 1ª pessoa do singular na forma verbal “encantei-me”, nota-se que a avaliação contida na alternativa B é do enunciador do texto, um turista, a respeito da cidade do Porto e da identidade histórica do povo português, o que a faz, portanto, ser a alternativa correta.


Questão 36

Gabarito: D

Resolução:

O texto narrativo é marcado por apresentar uma sequência de ações desenvolvidas pelas personagens para atingirem algum resultado, normalmente, a resolução de um conflito; o descritivo, uma sequência de caracterização de algo ou de alguém para não apenas criar uma imagem visual, mas também para indicar algum ponto de vista. No texto, enquanto o eu lírico está “Caminhando contra o vento”, apresenta algumas características que lhe chamam a atenção, como no trecho “Sem lenço e sem documento”, entre outras. Todas as estrofes são encerradas com a confirmação de que a ação de caminhar e de observar continuam. No contexto político em que foi produzido, o autor nos sugere o efeito positivo de ser livre para analisar a realidade que se lhe apresenta.

 


Questão 37

Gabarito: E

Resolução:

A música Bum bum tam tam, de MC Fioti apresenta a união do erudito com o popular: em um ritmo marcado pelos beats acelerados e pela descontração, o músico insere elementos clássicos, como a Partita de la menor, de Johann Sebastian Bach. Essa inter-relação cria uma proposta musical inovadora.


Questão 38

Gabarito: B

Resolução:

Após apresentar as novas configurações entre um grupo de familiares, o penúltimo verso mostra a confusão do eu lírico, que "já nem sabe mais quem é”. No último verso, a suposição reforça o humor da situação representada, pois, diante da confusão, o eu lírico chega a supor que o garoto, que ao mesmo tempo é seu neto e cunhado, possa assumir outro parentesco, sendo seu avô.


Questão 39

Gabarito: D

Resolução:

O texto faz uma crítica a uma visão que considera somente o indivíduo e o seu corpo como fatores determinantes da aptidão para a saúde. Procura abordar a questão da aptidão física relacionada à saúde a partir de uma perspectiva sociocultural, problematizando sobre o acesso das classes mais baixas a atividades físicas.


Questão 40

Gabarito: A

Resolução:

A descrição é orientada por um olhar que desvela sentimentos de vazio e angústia sob a aparente austeridade. O poema aborda elementos como a “vértebra, o “escuro, a “sombra” e o “vão, constituindo o vazio e a angústia do olhar observador. A última estrofe revela a aparente austeridade ao indicar que há uma “armadura de coisa salobra, portanto, desagradável. Mantém-se a aparência rígida, quando, na verdade, há a manifestação de certo medo.


Questão 41

Gabarito: C

Resolução:

Ao transgredir o rigor da linguagem jurídica, o autor atenua a gravidade do delito para o qual se pede habeas corpus. Já na primeira estrofe, o autor indica que o instrumento do “crime” em questão é um violão e, na segunda estrofe do poema, questiona-se justamente a pertinência da acusação feita: “será delito de tão vis horrores, perambular na rua um desgraçado derramando nas praças suas dores?”. A referência ao instrumento e as indagações apresentadas de maneira transgressora atenuam, portanto, o crime cometido.


Questão 42

Gabarito: C

Resolução:

No trecho do Hino à Bandeira, a descrição se verifica na primeira estrofe, em que aspectos do símbolo nacional são evocados como forma de exaltação. É o caso da menção valorativa às cores da bandeira, que são associadas à grandeza da natureza nacional, tais como a “verdura sem par destas matas”, o “céu de puríssimo azul” e o “esplendor do Cruzeiro do Sul”.


Questão 43

Gabarito: A

Resolução:

O conflito social apresentado pelo texto se refere à recusa do diretor em ajudar financeiramente um de seus empregados. A cena explora a oposição entre o rosto resplandecente do diretor, cujos olhares se dirigem diretamente a seus interlocutores, e os “olhos no chão” de alguns que o escutam. A atitude recolhida e submissa dos empregados remete a uma “sujeição moral amplificada pela pobreza”.

 


Questão 44

Gabarito: A

Resolução:

Policarpo Quaresma escreve uma petição (pedido, requerimento) dirigida ao Congresso Nacional brasileiro. Nesse tipo de comunicação voltada a um dos poderes da República, preconiza-se o uso da norma-padrão do idioma.


Questão 45

Gabarito: A

Resolução:

O texto faz referência à possibilidade de os exergames estimularem um estilo de vida mais ativo, por meio da realização de exercícios físicos que contribuiriam para a melhora da saúde dos praticantes.


Ciências Humanas

Questão 46

Gabarito: D

Resolução:

O texto trazido pelo exercício apresenta as demandas do agronegócio, ligadas à elevação da formação de fluxos materiais (mercadorias, pessoas) e imateriais (dinheiro, informação) e à articulação das escalas que vão do local (com os produtores) ao global (os consumidores espalhados pelo mundo).

Ele aponta ainda que há uma pressão para o Estado agir visando à instalação de fixos, que podem ser compreendidos, entre outros, como o sistema de transportes e de comunicação, dialogando diretamente com o mapa que apresenta as rodovias construídas no Centro-Oeste brasileiro.


Questão 47

Gabarito: E

Resolução:

O texto se refere a práticas estrangeiras que foram apropriadas pela sociedade brasileira durante a construção de sua cultura multifacetada e heterogênea. Essas práticas, tanto de origens populares como também elitistas, ultrapassaram o plano de rituais religiosos e foram redimensionados nos termos da realidade local, superando costumes antigos.


Questão 48

Gabarito: C

Resolução:

A exploração do látex mesmo tendo uma importância significativa no processo histórico-econômico da Amazônia, não teve em seus trabalhadores, os seringueiros, o mesmo destaque até a década de 1970. Estes eram personagens de pouco destaque no cenário nacional. A partir da década de 1980, começa um processo de articulação desses trabalhadores relacionado às questões agrárias e ambientais locais. Como resultados de lutas pela reivindicação da terra e pela garantia de seus trabalhos, conseguem criar e implantar as primeiras reservas extrativas na Amazônia, introduzindo conceitos novos como sustentabilidade e desenvolvimento.

 


Questão 49

Gabarito: C

Resolução:

Na sociedade colonial da América Portuguesa, a atuação da Companhia de Jesus contestou a escravização de indígenas, porém legitimou a escravidão negra. No excerto fornecido pelo exercício, é apresentada uma legitimação para a adoção da escravização de pessoas negras no Brasil Colonial, uma vez que, sem esse tipo de mão de obra, os jesuítas não conseguiriam desempenhar suas atividades religiosas.


Questão 50

Gabarito: A

Resolução:

A ocupação humana na vizinhança de vulcões em diferentes regiões do mundo está diretamente relacionada com a presença de solos mais férteis, originados a partir de rochas vulcânicas, que se formaram nessas áreas devido à consolidação do material magmático derramado dos vulcões ao longo da evolução geológica da Terra.


Questão 51

Gabarito: D

Resolução:

Durante parte do Império Romano, em especial no Alto Império, o cristianismo criticou práticas romanas, como o politeísmo, as guerras, a escravidão e a divinização do imperador. No intuito de impedir essa doutrina religiosa dissidente de se espalhar, muitos imperadores censuraram e perseguiram os cristãos, promoveram prisões, execuções e proibições de reuniões públicas visando diminuir a influência dessa nova fé na vida dos romanos. Porém, apesar do empenho imperial, como o próprio texto indica, os cristãos mantiveram suas reuniões e cultos em locais escondidos. Assim, distantes dos olhares das multidões, conseguiram, gradativamente, aumentar o seu número, levando a mudanças religiosas, as quais foram muito sensíveis em Roma durante o Baixo Império.


Questão 52

Gabarito: E

Resolução:

Em uma área de limite convergente de placas tectônicas, ocorrem a subducção da placa oceânica e a sobreposição da placa continental, resultando em um dobramento moderno. Como exemplo, podemos citar a formação da Cordilheira dos Andes devido ao encontro entre a placa de Nazca, oceânica, e a placa Sul-Americana, continental.


Questão 53

Gabarito: B

Resolução:

A eclosão da Revolução Pernambucana, em 1817, expôs interesses políticos antagônicos no Período Joanino. Diferentes setores sociais da região nordeste (destacadamente de Pernambuco) opuseram-se conjuntamente à estrutura de governo de D. João VI, que havia sediado sua corte no Rio de Janeiro desde 1808. Em oposição ao projeto político monárquico liderado pelo rei português, o movimento de Pernambuco defendeu um modelo republicano separatista de ruptura com a corte carioca. Os jornais do período interpretaram de formas diferentes as dissensões entre os grupos regionais acerca do modelo político territorial que deveria prevalecer.


Questão 54

Gabarito: D

Resolução:

O documento “Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão”, elaborado no contexto da Revolução Francesa e influenciado pelo pensamento iluminista e liberal, estabelece um conjunto de direitos naturais, inalienáveis e sagrados, garantidos pela lei e pela Constituição,  estendidos de forma paritária a todos aqueles considerados cidadãos. Deste modo, extinguiram-se os antigos privilégios tradicionais, associados aos estamentos do clero e da nobreza do denominado Antigo Regime, o que representou um grande avanço rumo à igualdade jurídica, à democracia e ao exercício da cidadania no país. Observa-se, no entanto, a exclusão das mulheres de grande parte desses direitos, como o de votar e de participar da política institucional


Questão 55

Gabarito: E

Resolução:

A pólis de Atenas se destacou, durante a Antiguidade Clássica, pela adoção de um modelo de cidadania que permitia a participação dos cidadãos nos negócios públicos, a Democracia Clássica ou Ateniense.  Apesar de o núcleo de cidadãos em Atenas Antiga excluir mulheres, escravos e estrangeiros dos direitos políticos, os homens livres, que possuíam cidadania plena, tinham o direito de participar de forma direta da administração da Pólis, de votar nas propostas apresentadas nas assembleias e de questionar as medidas tomadas pelos governantes.


Questão 56

Gabarito: C

Resolução:

O texto do uruguaio Eduardo Galeano, simbolicamente chamado de “As veias abertas da América Latina”, apresenta a ideia de que, na divisão internacional do trabalho, “alguns países se especializaram em ganhar e outros, em perder”. Além disso, no fragmento, afirma-se que a América Latina está na posição de perdedora desde que os Impérios europeus, os ganhadores, colonizaram o continente na época do Renascimento e das Grandes Navegações e passaram a explorar seus recursos, território e mão de obra. Para o autor, tal situação permanece e se agrava após o período colonial e influencia a realidade econômica do continente e do mundo ainda hoje.


Questão 57

Gabarito: B

Resolução:

O código do imperador babilônico Hamurabi se destacou por ser o mais antigo código de leis escrito já encontrado. Talhado em um monolito, pedra com escrita cuneiforme, o código tem 282 leis, que estipulavam punições para aqueles que cometiam crimes ou delitos. Afastava-se de uma legislação universal e não tinha em suas leis a ideia de direitos, sendo principalmente um código penal, que buscava equiparar a pena ao crime cometido.


Questão 58

Gabarito: B

Resolução:

A nova mentalidade burguesa, surgida na Modernidade, diferentemente dos períodos anteriores, valorizava o trabalho, considerado como associado à honestidade, ao mérito e ao sucesso. O movimento conhecido como Reforma Protestante, especialmente relacionado ao surgimento e à difusão do Calvinismo, teve grande influência sobre esta mudança de mentalidade ao associar o trabalho à ideia de vocação sagrada e até a sinal da predestinação divina em oposição à preguiça considerada, inclusive, pecaminosa.


Questão 59

Gabarito: E

Resolução:

A partir dos anos 1990, o Brasil passou a adotar um conjunto de reformas econômicas exigidas pelos princípios do neoliberalismo. Seguindo esse modelo econômico, foram colocadas em prática reformas macroeconômicas visando a reduzir o papel do Estado sobre a economia, por exemplo, por meio de um amplo programa de privatizações de empresas estatais. No mesmo período, foram estabelecidos sucessivos planos econômicos para conter a elevada inflação que deteriorava a economia nacional desde a década anterior.


Questão 60

Gabarito: C

Resolução:

Baseado no texto I (foto do rio Tietê cortando parte da grande São Paulo) e no texto II, que apresenta a qualidade de sua água na região, conclui-se que tal rio se encontra “morto” no trecho destacado, ou seja, não tem oxigênio suficiente para permitir a existência de vida. Essa situação decorre da carga de esgoto domésticos, esgoto industrial clandestino e dejetos sólidos lançados pela população local. O processo de despoluição do rio se arrasta há anos, não tendo produzido resultados ainda significativos.

 


Questão 61

Gabarito: D

Resolução:

A questão apresenta um fragmento da obra de David Hume, filósofo empirista que defende que a origem do conhecimento estaria nas sensações. Assim, no fragmento do texto apresentado, é possível identificar uma valorização da experiência no processo de conhecimento da realidade que nos permeia. Logo, a alternativa correta é a D, pois afirma que a origem do conhecimento humano reside na vivência dos fenômenos do mundo.


Questão 62

Gabarito: D

Resolução:

Comparando os dois textos, embora ambos tratem dos surtos endêmicos de febre amarela em Minas Gerais, nota-se que diferem na sua origem: enquanto o Texto 1 liga o surto da doença ao desastre de Mariana, o Texto 2 considera que essa é uma possibilidade remota.

 


Questão 63

Gabarito: C

Resolução:

A dominação europeia da América se fez de diferentes formas: dominar e explorar as comunidades indígenas foram comuns em meio ao processo de conquista e, posteriormente, de colonização do continente. A representação cartográfica do território realizada pelos europeus, que ignoravam as formas e os conhecimentos das populações nativas, constituiu-se como mais uma das inúmeras formas de dominação.


Questão 64

Gabarito: B

Resolução:

O texto de Alexis de Tocqueville descreve a situação social da população nos Estados Unidos como de “caráter eminentemente democrático”. Para confirmar a sua tese, resgata a ideia de igualdade entre os antigos emigrantes e o papel de uma norma (leis de sucessão) na organização da sociedade. A partir dessas informações e retomando as ideias dos princípios liberais constituidores dos Estados Unidos, podemos entender que, de fato, o ambiente construído estaria propício à “consolidação dos valores burgueses” descrito na alternativa correta.


Questão 65

Gabarito: A

Resolução:

A questão exige o conhecimento sobre a filosofia aristotélica, apresentando um fragmento em que o filósofo discute a respeito da vida em comunidade. Para Aristóteles, a política é a ciência que precede todas as demais na organização da cidade e, junto à ética, possui como finalidade alcançar o bem humano. O filósofo defende que a finalidade de todas as coisas está em alcançar a felicidade e a plenitude própria a cada coisa, isto é, a vida boa, denominada por ele de “eudaimonia”. Assim, a ética e a política conduzem à felicidade da vida em comunidade, visto que objetivam alcançar o bem comum. Dessa forma, a alternativa A se apresenta como correta, ao afirmar a ética e a política como elementos essenciais à discussão sobre a vida em comunidade, já que conduzem à “eudaimonia”.


Questão 66

Gabarito: C

Resolução:

O Toyotismo (ou pós-fordismo) é um sistema de produção que se caracteriza pela redução dos estoques industriais a partir da fabricação sob demanda, e só se tornou possível devido à informatização e à automação da produção industrial e da descentralização das etapas do planejamento. A adoção desses procedimentos permitiu aos países avançados reduzir custos de produção, incrementar a acumulação de capital e iniciar a superação da crise sistêmica ocorrida nos anos 1970.


Questão 67

Gabarito: D

Resolução:

No século XIX, o recrutamento de mão de obra asiática para frentes de trabalho na América foi denominado como “tráfico de coolies”. A precariedade dos transportes e os maus tratos aos quais essa mão de obra foi submetida levantou um conjunto de comparações em relação à desumanização, também notada no tráfico negreiro em vigor no mesmo período, destacadamente no Brasil. Nesse sentido, tanto o transporte de coolies quanto o comércio internacional de africanos escravizados foram caracterizados pela opressão sobre as pessoas sujeitadas a esse processo.


Questão 68

Gabarito: B

Resolução:

A costa oeste do continente africano, em uma região denominada Vale do Rift, está em uma área onde, segundo os geólogos, ocorrerá um processo de separação continental. Esse processo é denominado rifteamento, e a previsão é de que a ruptura do continente africano no Vale do Rift dê origem a um novo continente e a um novo oceano.


Questão 69

Gabarito: D

Resolução:

Eram comuns entre os antigos historiadores as descrições biográficas de grandes personagens. A forma como isso era realizado dava ares quase sagrados, enquanto, tradicionalmente, outros agentes sociais eram comumente ignorados. O texto faz uma reflexão sobre novos estudos e novas formas de escrever a história do indivíduo, que, diferentemente das formas mais tradicionais, aproximam a análise histórica do homem comum à do cotidiano das comunidades.


Questão 70

Gabarito: E

Resolução:

A Sociologia busca entender os padrões de comportamento da sociedade, entre eles aqueles que determinam as formas de cooperação social. No contexto do pensamento político, quando essa cooperação se dá a partir de ideias e práticas reconhecidas como legítimas pelos membros daquele grupo social, é sinal de que estamos diante de uma espécie de contrato social, ou seja, um consenso sobre as condutas consideradas apropriadas ou justas no interior daquela sociedade. Os conceitos de republicanismo, divisão dos poderes, socialismo crítico e absolutismo monárquico não se aplicam ao texto indicado no enunciado da questão.


Questão 71

Gabarito: E

Resolução:

O expansionismo da cidade de Roma teve início pela península Itálica. Nas Guerras Púnicas, tratadas no texto de Salústio, os romanos colocaram em ação uma política expansionista marítima através do mar Mediterrâneo.


Questão 72

Gabarito: D

Resolução:

O texto apresentado pelo exercício expõe uma assimetria existente na relação comercial entre Brasil e China: a grande exportação, por parte do Brasil, de produtos agrícolas contrastando com a importação de industrializados.

Diante desse problema, a questão pede que indiquemos uma ação estatal de longo prazo capaz de reduzir tal característica.

Dentre as alternativas, apenas o fortalecimento da pesquisa científica pode produzir tal redução, na medida em que cria maior potencial de desenvolvimento da indústria brasileira e consequentemente, diminuiria, em maior ou menor grau, a necessidade de tamanha importação de produtos industrializados.


Questão 73

Gabarito: A

Resolução:

Ainda que o emprego de natureza agrícola tenha decrescido nos últimos anos, a diversidade das atividades econômicas ligadas direta ou indiretamente ao campo, seja nos próprios setores agroextrativistas ou serviços relacionados, fomenta um crescimento demográfico local fundamentado no atual fenômeno de heterogeneidade - isto é, na ausência de uniformidade - do modo de vida agrário.


Questão 74

Gabarito: B

Resolução:

A questão aborda a desigualdade de gênero no mundo do trabalho, visto que, apesar das mudanças ocorridas nas últimas décadas, com o aumento da inserção das mulheres, elas se encontram em empregos de maior precariedade do que os homens. Essa situação se sustenta devido aos valores patriarcais responsáveis pela manutenção do status quo da nossa sociedade e dos padrões de socialização familiar. A Constituição Brasileira vigente desde 1988 define, no seu artigo 5º, que todos são iguais perante a lei sem distinção de qualquer natureza, porém ela não é capaz de mudar sozinha essa discriminação, ainda que represente um marco inicial para o enfrentamento e a superação das desigualdades de gênero.


Questão 75

Gabarito: C

Resolução:

Os movimentos sociais que lutam pela reforma agrária buscam o cumprimento da Constituição Federal, a qual expressa, no Artigo 12, que “À propriedade privada da terra cabe intrinsecamente uma função social e seu uso é condicionado ao bem-estar coletivo previsto na Constituição Federal e caracterizado nesta Lei”. Desse modo, esses movimentos defendem que as terras improdutivas, em descumprimento da lei, sejam desapropriadas e incluídas no projeto de Reforma Agrária.


Questão 76

Gabarito: D

Resolução:

O contexto da Reforma Religiosa trouxe a defesa da livre-interpretação da Bíblia. Na visão de Lutero, o fiel não dependeria mais de uma interpretação prévia feita por alguma autoridade religiosa. Nesse cenário, a possibilidade de imprimir bíblias em quantidade, a partir da invenção de Gutemberg, ampliava as condições de leituras individuais do texto sagrado.


Questão 77

Gabarito: D

Resolução:

Alice, que “não tinha a menor ideia do que era latitude ou longitude”, como afirma o excerto, confunde os referenciais de posição relativa - isto é, aqueles que são utilizados como referenciais cartográficos - enquanto cai dentro da toca do coelho.


Questão 78

Gabarito: A

Resolução:

A arte rupestre se manifesta nos desenhos feitos nas paredes de cavernas e lapas utilizadas pelos povos das comunidades ditas primitivas há milhares de anos. São normalmente representações de animais, de confrontos armados com grupos rivais ou mesmo criações abstratas. Esta é uma das fontes mais ricas de informações que os estudiosos podem obter sobre aqueles nossos milenares ancestrais. Espalhadas por quase todo o mundo, as pinturas rupestres são encontradas amplamente no território do Brasil; o Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, possui um dos mais ricos conjuntos de sítios arqueológicos com essas características.


Questão 79

Gabarito: E

Resolução:

O texto trata da concepção de que as coisas que consideramos normalmente como reais existem apenas na nossa mente. O solipsismo pode ser definido como a doutrina de que só o “eu” existe e de que tudo que chamamos de realidade exterior são, na verdade, as ideias do eu. Nesse sentido, seria difícil falar em uma realidade compartilhada acessível ao conhecimento, pois isso deveria envolver a existência de outros indivíduos, bem como de um mundo exterior em comum.


Questão 80

Gabarito: D

Resolução:

A água, como recurso natural essencial para a vida no planeta, sofre uma enorme pressão por parte do setor da agropecuária (responsável por cerca de 70% do consumo). Por mais que a produtividade na área rural tenha aumentado, devido ao maior uso de máquinas, a melhores tecnologias de fertilização do solo e outros, é necessário um maior investimento na eficiência das técnicas de irrigação, evitando, assim, desperdício e/ou contaminação da água.


Questão 81

Gabarito: B

Resolução:

No começo do século XXI, momento em que o texto base foi escrito, o mundo vivia um momento de grandes incertezas após os ataques de 11 de setembro de 2001 aos EUA. O grupo responsabilizado pelos ataques tinha como forma de atuação a formação de diversas células terroristas ao redor do mundo, conectadas (rede), minimamente, por um interesse em comum, motivando, assim, os EUA, a formularem estratégias mais abrangentes para impedir que esses grupos (organizações) se propagassem e/ou se multiplicassem.

 


Questão 82

Gabarito: E

Resolução:

As cidades, assim como mencionado no texto, passaram a adotar uma lógica de planejamento urbano vinculado diretamente ao sistema produtivo capitalista, visando, em grande parte, à acumulação do capital e à geração de riquezas, orientadas por grupos empresariais que seguem a mesma lógica.


Questão 83

Gabarito: C

Resolução:

Os escudos cristalinos correspondem às estruturas geológicas mais antigas da Terra, formadas ao longo do pré-cambriano (éons arqueano e proterozoico), importantes economicamente devido à presença de jazidas de minerais metálicos, como ferro, manganês, bauxita, ouro, dentre outros. O Brasil destaca-se como um dos maiores exportadores mundiais de recursos minerais metálicos por causa da exploração de reservas situadas no Escudo das Guianas, como a Serra do Navio (AP), e no Escudo Brasileiro, como o Quadrilátero Ferrífero (MG).

 


Questão 84

Gabarito: E

Resolução:

O texto trata da obra A morte de Ivan Ilitch, do escritor russo Liev Tolstói. Ele enfatiza especialmente a consciência da morte no personagem e sua incapacidade de compreendê-la. Pode-se dizer que o existencialismo do filósofo alemão contemporâneo Martin Heidegger, ao recolocar a questão do ser (ontologia) dos gregos antigos, tem como tema central a consciência da mortalidade. Em Ser e Tempo, Heidegger postula que o modo de ser do humano é o ser-para-a-morte, que envolve a consciência da mortalidade, e a decorrente angústia da existência. Pode-se pensar também na temática do suicídio enquanto decisão humana fundamental na obra do escritor existencialista Albert Camus.


Questão 85

Gabarito: C

Resolução:

O poema de Cora Coralina retrata, de maneira leve e bela, a relação dos camponeses com a natureza, seu uso e produções. Isso se traduz nas ferramentas (arado, foice, machado) usados pelos camponeses, nos produtos cultivados (algodão) e nos objetos (vestuário, pão, berço) feitos a partir desses.


Questão 86

Gabarito: B

Resolução:

Montaigne foi um filósofo humanista do século XVI cujas ideias tratavam da consistência do ser humano e de suas ações, dando especial atenção ao que considerava um caráter inconsistente da natureza humana. O texto destaca que o novo gênero literário nomeado por Montaigne foi um dos primeiros a trazer um traço íntimo para o campo da escrita filosófica, englobando hesitações, autocríticas e correções ao texto. Portanto, trata-se de um texto no qual a subjetividade do autor (e, portanto, sua inconsistência enquanto indivíduo) é componente fundamental da construção do saber filosófico sobre determinado tema, ou seja, o ensaio.


Questão 87

Gabarito: C

Resolução:

A questão discute o direito à educação, através da Declaração de Salamanca, na qual o Brasil, como signatário, se comprometeu com a elaboração de políticas públicas que contemplem a pluralidade dos sujeitos, visto a necessidade de se levar em conta as características, interesses e habilidades existentes nas crianças independente do seu gênero, origem étnica, credo, classe social entre outros.


Questão 88

Gabarito: C

Resolução:

Ambos os textos estão alinhados a um entendimento que valoriza o corpo na apreensão da realidade. O texto I, de Alberto Caeiro (heterônimo de Fernando Pessoa), afirma que o “ pensamento são todos sensações” e que ele pensa com os órgãos dos sentidos (visão, audição, tato, olfato e paladar). O texto II trata do conhecimento como algo que parte de uma visão própria da experiência do mundo. O termo “mundo”, na fenomenologia de Merleau-Ponty, indica uma realidade assentada na experiência corporal. Para o autor, o conhecimento e a linguagem devem ser entendidos a partir da corporalidade.


Questão 89

Gabarito: B

Resolução:

Durante a segunda metade do século XX, o processo de crescimento das cidades brasileiras, em especial os grandes centros e regiões metropolitanas, se manifestava na paisagem urbana a partir da expansão da sua extensa malha horizontal sob a condução do mercado imobiliário. Essa expansão, direcionada para regiões acidentadas e com baixa oferta de equipamentos públicos, é compreendida como o crescimento das áreas periféricas das cidades.

 


Questão 90

Gabarito: D

Resolução:

A imagem, que representa a zona de pastoreio e cultura de algodão e cereais do agreste em 1963, demonstra como o processo de plantio e de criação de animais era distribuído durante um ano, o que representa uma estratégia de adequação ao tempo da natureza e das estações do ano.


Redação

 

Análise da proposta

A proposta de redação do ENEM colocou em discussão, nesta edição de 2020, um tema de grande relevância  do ponto de vista da promoção dos direitos humanos e do acesso à cidadania no país. Ao solicitar que os candidatos elaborassem um texto dissertativo-argumentativo sobre a estigmatização de doenças mentais no Brasil, a banca privilegiou uma problemática relacionada tanto à saúde pública, campo que tem sido objeto de preocupações crescentes das sociedades contemporâneas, quanto à importância do combate aos preconceitos como forma de garantia da dignidade humana.

O Texto I da coletânea corresponde a uma publicação disponível no site do Ministério da Saúde que apresenta uma ampla definição sobre saúde mental. Segundo o excerto, ser saudável mentalmente envolve questões como ser capaz de lidar com frustrações, vivenciar diferentes emoções e enfrentar desafios inerentes à vida, bem como procurar ajuda quando surgem dificuldades nesses processos. Além disso, o trecho afirma que todos estão sujeitos ao sofrimento psíquico. Tais concepções deveriam ser levadas em consideração, de modo a se evitarem definições muito específicas sobre saúde e doenças mentais.

O Texto II, por sua vez, apresenta uma detalhada definição do conceito de “estigma”, palavra-chave fundamental ao desenvolvimento do recorte temático proposto pela banca. Segundo o excerto, as origens do termo remontam às ideias de “cicatrizes” ou “marcas” deixadas por feridas ou castigos físicos infringidos a pessoas de alguma forma marginalizadas. No contexto desta prova, o termo se relaciona a formas de “marcar” e excluir socialmente quem sofre de transtornos mentais. Entre os fatores sociais que levam à estigmatização dessas pessoas, destaca-se o imperativo de felicidade difundido nas redes sociais digitais. Assim, o indivíduo “marcado” passa a ser sistematicamente desvalorizado e excluído socialmente.

Por fim, o Texto III – um infográfico – apresenta dados sobre a incidência de depressão no Brasil e no mundo. Os números mostram que o Brasil é o quarto país em casos da doença na América Latina e evidenciam que mulheres são acometidas por quadros depressivos 30% mais do que homens. Além disso, o texto informa sobre os prejuízos econômicos decorrentes de transtornos mentais e os impactos da depressão em termos de afastamentos do trabalho no mundo. Todas essas informações delineiam a depressão como um dos transtornos mentais que acometem a sociedade contemporânea – mas é preciso cuidado para não restringir o desenvolvimento da redação apenas ao caso dessa doença.

Encaminhamentos possíveis

Seria possível apontar, entre outras possibilidades, os seguintes encaminhamentos:

Entre as causas da estigmatização da doença mental no Brasil, pode-se citar:

a) A falta de visibilidade conferida a transtornos mentais, que recebem atenção da sociedade apenas em momentos pontuais, como no caso das campanhas publicizadas em virtude do “setembro amarelo”, mês de conscientização sobre o suicídio;

b) Uma herança da situação manicomial, marcada pela segregação do indivíduo considerado “louco”. Nesse sentido, como possibilidade de repertório autoral, o candidato poderia estabelecer um paralelo entre a estigmatização contemporânea da doença mental e a exclusão da loucura que, conforme descrita pelo filósofo Michel Foucault, marca a passagem para a modernidade;

c) A falta de informação qualificada sobre doenças mentais, problema agravado no atual contexto de desinformação generalizada, pós-verdade e disseminação de “fake news”;

d) A espetacularização da felicidade em redes sociais digitais, em que proliferam discursos de valorização da “positividade” na era dos “coaches”, fator que pode levar à culpabilização e desvalorização dos indivíduos que não conseguem se encaixar nos “padrões” propagados;

e) A ideologia de produtivismo do mundo do trabalho, questão que leva à desvalorização daqueles indivíduos que, devido a doenças mentais (como a depressão), não conseguem alcançar os níveis de sucesso exigidos;

Entre os efeitos da estigmatização da doença mental no Brasil, pode-se citar:

a) Falta de percepção, pela própria pessoa que sofre com algum transtorno, acerca da seriedade de seu caso, o que pode levá-la a não buscar ajuda especializada;

b) Potencial de agravamento de quadros de desordem mental e surgimento de transtornos associados, já que as pessoas que sofrem desse mal terão que lidar também com a exclusão, discriminação e, eventualmente, com a autoculpabilização pelos sofrimentos psíquicos vivenciados;

c) Geração de situações de “violência simbólica” contra indivíduos que sofrem de transtornos mentais, em um paralelo possível com o conceito proposto pelo sociólogo Pierre Bourdieu. Isso porque, com a estigmatização, pessoas que vivenciam esse tipo de doença seriam incapazes de perceber a condição de discriminação em que são colocadas, já que perceberiam esse tipo de exclusão como “legítima” e “justificada”;

d) Ausência de cobrança, por parte da sociedade civil, de políticas públicas voltadas à assistência de pessoas que sofrem com doença mental, o que pode levar, também, a uma maior negligência por parte do Estado;

- Considerando que, para a prova de redação do ENEM, o candidato deve apresentar proposta de intervenção que respeite os direitos humanos, algumas possibilidades de medidas interventivas incluem, por exemplo: a ampliação do atendimento assistencial para pessoas que sofrem com transtornos mentais; campanhas de promoção da visibilidade das doenças mentais no Brasil, voltadas a um público amplo, especialmente em veículos midiáticos; educação escolar para superar a desinformação sobre o tema. Entre os atores sociais responsáveis pela implantação de tais propostas de intervenção, destacam-se o Ministério de Saúde; o SUS; os Conselhos Federais de Medicina e Psicologia; a sociedade civil como um todo; comunicadores e influenciadores digitais.

- Considerando que a incorporação de repertório legitimado e autoral (ou seja, externo à coletânea) é fundamental na prova de redação do ENEM, o candidato poderia fazer referência, por exemplo, a produções audiovisuais pertinentes ao tema, tais como:

a) A série “13 Reasons Why” (2017), produzida para streaming, que aborda a questão do suicídio entre jovens;

b) A série televisa “Família Soprano” (1999), cujo protagonista, um chefe da máfia de Nova Jersey, sofre com crises de pânico e, ao procurar ajuda terapêutica, passa a ser ridicularizado por amigos e familiares;

c) O filme “Coringa” (2019), que ilustra, a partir da trajetória do protagonista, a estigmatização de que sofrem pessoas portadoras de transtornos mentais;

d) O filme “Um estranho no ninho” (1975), que mostra as opressões inerentes ao sistema manicomial e a exclusão daqueles considerados “loucos”.

 


| Resolução cedida gentilmente pelo Curso Anglo São Paulo |

Postado porEduardo Souza

Postado em16 de janeiro de 2021


Palavras chave:

Blog do Anglo

Ver todasclique para conhecer mais
receba nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba as últimas novidades por e-mail

entre em contato

Entre em contato

Entre em contato que nós iremos responder assim que possível.

Conheça nossas unidades

Copyright © | - Todos os Direitos Reservado por

Termos de Uso|Politica de Privacidade